domingo, 14 de setembro de 2008

Nem só a tristeza é bela

A razão provoca a Loucura a aparecer
Ser um sonho ilumina o caminho
Da poesia brotou fé na vida

Nem só a tristeza é bela, há a Esperança.

6 comentários:

Dani Santos disse...

Sempre tuas belas palavras... tua poesia ilumina... muita luz pra ti...

Cotidianos disse...

"Se por acaso um dia você for embora, leve o menino que você é."

E junto dele, a beleza, a poesia e a esperança.

Sidarta disse...

Belos brinquedos poéticos, esses seus. Parabéns!

Marlise disse...

A poesia do teu site lembra muito a bela poesia de Clarice Pacheco: "Meus brinquedos"

De repente,
Ao lembrar dos brinquedos queridos,
Que ficaram esquecidos
Dentro do armário.
Me bate uma saudade,
Me bate uma vontade,
De voltar no tempo
De voltar ao passado.
Mas nada acontece,
Nada parece acontecer.
E eu choro,
Choro como bebê que fui
E a criança que quero voltar a ser.
Não quero crescer!

Contatroupe disse...

muito bom seu trabalho,
força aí meu camarada e vamos reforçar este contato blogueiro
grande abraço

Eduardo Trindade disse...

Sim, eis uma verdade que às vezes esquecemos... E a Esperança é tão mais bela quanto é, por vezes, difícil.
Abraços!